Tília do Solar dos Condes de Arnoso
Espécie: Tília (Tília cordata Mill.)
Idade: 150 anos
Localidade: Sameice, Seia, Guarda
Tília do Solar dos Condes de Arnoso
Tília de folhas pequenas situa-se no logradouro do Solar dos Condes de Arnoso do século XVII. Cabos de aço suportam os ramos devido ao seu grande porte. Foi plantada pelo segundo Conde Arnoso, pois naquela altura era comum a plantação de tílias para sombra e para uso medicinal. A mesma era utilizada pelos Condes para confeção de chá da Nobreza. Em 2017 com o trágico incêndio de 15 de outubro o Solar foi consumido pelas chamas ficando destruído. Permanece intacta a beleza desta tília.
Fotos: Armando Figueiredo
{{format_votes(881)}} Votos
 
10º lugar 
Nomeado por: Município de Seia

Finalistas do concurso Árvore do Ano

 
Plátano do Rossio
 
Alentejo
 
{{format_votes(2401)}} Votos
lugar 
Oliveira de Mouchão
 
Centro
 
{{format_votes(2213)}} Votos
lugar 
Schotia do Jardim Botânico da Ajuda
 
Lisboa
 
{{format_votes(1883)}} Votos
lugar 
Bela sombra
 
Centro
 
{{format_votes(1495)}} Votos
lugar 
O Bravo do Pinhal do Rei
 
Centro
 
{{format_votes(1117)}} Votos
lugar 
Carvalho de Calvos
 
Norte
 
{{format_votes(1000)}} Votos
lugar 
Castanheiro de Guilhafonso
 
Centro
 
{{format_votes(950)}} Votos
lugar 
Tulipeiro dos Biscainhos
 
Norte
 
{{format_votes(907)}} Votos
lugar 
Freixo Duarte D' Armas
 
Norte
 
{{format_votes(903)}} Votos
lugar 
Tília do Solar dos Condes de Arnoso
 
Centro
 
{{format_votes(881)}} Votos
10º lugar